Aprenda como criar uma história em quadrinho com a criançada

As crianças inventam histórias o tempo todo, seja quando estão desenhando, pintando e brincando. De casinha, boneca, carrinho até uma caixa de papelão pode virar a atração principal para uma nova narrativa.

Por esse motivo, você não vai encontrar muita dificuldade para começar essa atividade. Aliás, elas vão curtir de montão, dar vida aos seus personagens imaginários.

E os benefícios são inúmeros, olha só:


  1. Estimula o pensamento criativo e crítico.

  2. Desenvolve as habilidades visuais e artísticas.

  3. Promove a ideia de começo, meio e fim às narrativas.

  4. Facilita a compreensão de texto, uma vez que necessitam acompanhar a história.

  5. Eleva a expressão e a comunicação, por meio de diálogos.

  6. Incentiva a parceria em grupo, aprendem a ouvir, compartilhar suas ideias e até resolução de problemas.

  7. Orgulho e realização ao ver o trabalho finalizado.

  8. Melhora a leitura, amplia o vocabulário e permite que elas descubram diferentes maneiras de escrever um texto.


Pode ser que haja um talento escondido em casa e você nem desconfie. Por isso, é importante estimular as crianças a aprimorarem suas capacidades. Produzir um livro ou história em quadrinhos é uma atividade simples.

Para facilitar, fizemos um passo a passo e ao final trouxemos todos os materiais que você vai precisar.

Era uma vez…

Vocês podem escolher um tema juntos, por exemplo: super-heróis, princesas, animais, aventura, suspense. Ou usar algum desenho feito pelo pequeno ou se inspirar no livro favorito dele.

Pegue várias folhas de sulfite e dobre-as ao meio. Depois, com a ajuda de uma régua e lápis preto, trace os painéis que servirão para contar a narrativa.

Personagens…

Defina quantos personagens teremos nessa trama, seus nomes, as características de cada uma delas, por exemplo: Usa óculos, tem tapa olho, chapéu de pirata ou cabeça de batata. Faça um esboço em uma folha de papel antes de passar para os painéis.

Começo, meio e fim…

Ajude-a a fazer uma linha do tempo por desenhos ou mesmo escrita. Não há uma regra. O ideal é que fique do jeitinho que a criança imaginou.

Troca de ideias…

Depois de pensar nos personagens, é chegada a hora de definir onde a trama irá se desenrolar: Em uma fazenda, na cidade, no quintal, no espaço ou em um planeta.

Descreva qual será a rotina dessas figuras: Haverá algum conflito, desafio ou missão?

Como o nosso protagonista vai se comportar durante a narrativa? Qual será o seu aprendizado e a moral da história?

Pense nas falas de cada elemento usando o recurso de balões ou quadrinhos.

Bora escrever e colorir…

A dica aqui é equilibrar a quantidade de texto e de ilustração. Se usar muita ilustração, pegue leve no texto e vice-versa. Os diálogos devem ser bem curtos.

Como eu começo, como eu termino…

Um ótimo recurso para iniciar é usando as seguintes frases:

Era uma vez. Há muitos e muitos anos. Certa vez. Há muito tempo. Houve um tempo em que. Uma história vou contar. Em um reino não tão distante.

E para o grande final, que tal?

Entrou por uma porta e saiu por outra. Quem quiser que conte outra.


E agora, minha gente, que a história terminou. Batam palmas, bem contente. Batam palmas, quem gostou.

Meu livro, minhas regras…

A obra é de vocês. Então solte a imaginação usando desde recorte de papel colorido, colagens, revistas, gibis, glitter, tinta guache, canetinha e o que vier à cabeça.

Capriche na capa…

Escolha um título para essa história. Ela terá o nome do personagem principal? Ou será algo como: “O mistério de”…”As aventuras de”…”O conto de”…

Feito isso, quais serão as imagens que vão ilustrar a capa. É importante que elas reflitam logo de cara a história em si. Se tiver dúvida, pesquise algum livro de ilustração.

Ah! E não esqueça de colocar o nome do autor da nossa história.

O grande dia!

Toda obra merece um lançamento à altura, que pode ser em um encontro em família ou com os amiguinhos em casa.

Se tiver tempo, faça alguns exemplares e peça para a criança autografar.

Faça o registro e publique nas redes sociais.

Mande uma foto da capa do livro pra gente publicar aqui no site, no nosso “Museu Virtual”. Os pequenos vão se sentir o máximo.

Para a atividade ficar ainda mais divertida, aposte na variedade de materiais. As crianças vão deixar vir à tona seu lado criativo e o livro vai ganhando vida e cor.


Confira agora a lista que preparamos com os nossos mais recentes lançamentos:


Lápis de Cor Color’Peps Infinity: em 24 lindas cores que duram 10 vezes mais. Por que é 100% grafite, e 100% reaproveitado e não precisa afiá-los. Eles afiam enquanto colorem.

Kit de Pintura Color’Peps Glittering: com 31 peças, contém 8 canetas de feltro glitter, 5 tubos de cola glitter, 10 lápis de cor forte e 8 lápis de cera.

Lápis de Cor Smiling Planet: com 12 cores, feito de madeira certificada pelo FSC, que contribui para a gestão ambiental de combate ao desmatamento. Seu formato triangular facilita o manuseio.

Tesoura Vivo Smiling Planet: Seus anéis são feitos com 50% de fibras de madeira certificadas pelo FSC, o que garante 50% menos plástico na sua composição. Pode ser usada por crianças a partir dos 3 anos e por quem já tem mais habilidade. Suas alças ergonômicas 3D proporcionam maior aderência para mãos pequenas.

Borracha Precision Smiling Planet FSC: Durável com uma capa de plástico ergonômica, texturizada e livre de PVC e ftalatos.

Apontador Croc Croc Hipopótamo: as mandíbulas do hipopótamo que só abrem quando a criança insere o lápis, assegurando uma afiação limpa. Tem jeito mais divertido de apontar o lápis?

Régua Dobrável Croc Croc 15 e 30cm: Para inspirar as crianças a aprender a traçar, medir e até desenhar! Depois de fechada, a régua toma a forma de uma cabeça de crocodilo.

Lápis Grafite Black Peps Energy: em formato triangular para uma pegada fácil e confortável com 6 diferentes mensagens positivas.

Curtiu as nossas dicas? Corre pro site e conheça a nossa linha de produtos.

Até a próxima!